Portuguese
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Adenuric (febuxostat) - M04AA03

Updated on site: 05-Oct-2017

Nome do medicamentoAdenuric
Código ATCM04AA03
Substânciafebuxostat
FabricanteMenarini International Operations Luxembourg S.A. (MIOL)

Adenuric

febuxostate

Este é um resumo do Relatório Público Europeu de Avaliação (EPAR) relativo ao Adenuric. O seu objetivo é explicar o modo como o Comité dos Medicamentos para Uso Humano (CHMP) avaliou o medicamento a fim de emitir um parecer favorável à concessão de uma autorização de introdução no mercado, bem como as suas recomendações sobre as condições de utilização do Adenuric.

O que é o Adenuric?

O Adenuric é um medicamento que contém a substância ativa febuxostate. Encontra-se disponível na forma de comprimidos (80 e 120 mg).

Para que é utilizado o Adenuric?

O Adenuric é utilizado no tratamento de adultos com hiperuricemia (níveis elevados de ácido úrico ou «urato» no sangue) crónica. A hiperuricemia pode dar origem à formação e à acumulação de cristais de urato nas articulações e nos rins. Quando este processo ocorre nas articulações e provoca dor, é conhecido como «gota». O Adenuric é utilizado em doentes que já tenham sinais de acumulação de cristais, incluindo artrite gotosa (dor e inflamação das articulações) ou tofos gotosos («cálculos», depósitos maiores de cristais de urato que podem causar danos nas articulações e nos ossos).

O Adenuric é também utilizado para o tratamento e a prevenção de níveis elevados de ácido úrico no sangue em adultos com cancros do sangue submetidos a quimioterapia e em risco de síndroma de lise tumoral (uma complicação devida à fragmentação das células cancerígenas que causa uma aumento súbito de ácido úrico no sangue, podendo provocar danos nos rins).

O medicamento só pode ser obtido mediante receita médica.

Como se utiliza o Adenuric?

Para o tratamento da hiperuricemia crónica, a dose recomendada de Adenuric é de 80 mg, uma vez ao dia. Esta dose permite reduzir os níveis de ácido úrico no sangue no prazo de duas semanas. No

© European Medicines Agency, 2015. Reproduction is authorised provided the source is acknowledged.

entanto, a dose pode ser aumentada para 120 mg, uma vez ao dia, se os níveis de ácido úrico no sangue se mantiverem elevados (acima dos 6 mg por decilitro), após duas a quatro semanas. Podem continuar a ocorrer ataques de gota durante os primeiros meses de tratamento, pelo que se recomenda que os doentes tomem outros medicamentos para prevenir episódios de gota durante, pelo menos, os primeiros seis meses de tratamento com o Adenuric. O tratamento com o Adenuric não deve ser interrompido se ocorrer um ataque de gota.

Para a prevenção e o tratamento da hiperuricemia nos doentes submetidos a quimioterapia, a dose recomendada é de 120 mg, uma vez ao dia. O tratamento com o Adenuric deve ser iniciado dois dias antes da quimioterapia e continuado durante pelo menos 7 dias.

Como funciona o Adenuric?

A substância ativa do Adenuric, o febuxostate, reduz a formação de ácido úrico. O seu modo de funcionamento consiste em bloquear uma enzima denominada xantina oxidase, necessária para a formação de ácido úrico no organismo. Ao reduzir a produção de ácido úrico, o Adenuric pode reduzir os níveis de ácido úrico no sangue e mantê-los baixos, impedindo a formação de cristais. Tal pode reduzir os sintomas de gota. A manutenção de níveis baixos de ácido úrico durante tempo suficiente também pode reduzir o tamanho dos tofos gotosos. Nos doentes submetidos a quimioterapia, a redução dos níveis de ácido úrico deverá reduzir o risco de síndroma da lise tumoral.

Como foi estudado o Adenuric?

Para o tratamento da hiperuricemia e da gota, o Adenuric foi estudado em dois estudos principais que incluíram um total de 1834 doentes. O primeiro estudo, que incluiu 1072 doentes, comparou três doses de Adenuric (80, 120 e 240 mg, uma vez ao dia) com um placebo (tratamento simulado) e com alopurinol (outro medicamento utilizado para tratar a hiperuricemia). O estudo teve uma duração de seis meses. O segundo estudo comparou duas doses de Adenuric (80 e 120 mg, uma vez ao dia) com o alopurinol, durante um ano, em 762 doentes.

Em ambos os estudos, foi utilizada uma dose de 300 mg de alopurinol, uma vez ao dia, exceto em doentes com problemas renais, que tomaram 100 mg. O principal parâmetro de eficácia foi o número de doentes cujos três últimos níveis de ácido úrico no sangue se encontravam abaixo dos 6 mg/dl. Os níveis de ácido úrico no sangue foram medidos todos os meses.

Para a prevenção e o tratamento da hiperuricemia nos doentes submetidos a quimioterapia, o Adenuric foi estudado num estudo principal que incluiu 346 doentes adultos submetidos a quimioterapia para o tratamento de cancro do sangue. Os doentes tomaram o Adenuric ou alopurinol durante 7 a 9 dias. O principal parâmetro de eficácia baseou-se nos seus níveis de ácido úrico no sangue.

Qual o benefício demonstrado pelo Adenuric durante os estudos?

O Adenuric foi mais eficaz do que o alopurinol e o placebo no tratamento da hiperuricemia através da redução dos níveis de ácido úrico no sangue. No primeiro estudo, 48 % dos doentes que tomaram

80 mg de Adenuric uma vez ao dia, (126 em 262) e 65 % dos doentes que tomaram 120 mg uma vez ao dia (175 em 269), apresentaram níveis de ácido úrico abaixo dos 6 mg/dl nas três últimas medições. Estes valores foram comparados com 22 % dos doentes que tomaram alopurinol (60 em 268) e nenhum dos 134 doentes que receberam o placebo. Foram obtidos resultados semelhantes no segundo estudo após um ano.

Nos doentes com cancro do sangue submetidos a quimioterapia, o Adenuric foi tão eficaz quanto o alopurinol a controlar os níveis de ácido úrico no sangue: em 98.3 % dos doentes (170 em 173)

tratados com o Adenuric os níveis de ácido úrico no sangue normalizaram, em comparação com 96 % (166 em 173) dos doentes tratados com alopurinol.

Qual é o risco associado ao Adenuric?

Os efeitos secundários mais frequentes associados ao Adenuric são episódios de gota, resultados anormais nos testes hepáticos , diarreia, náuseas (enjoo), cefaleias (dores de cabeça), erupção cutânea e edema (inchaço). Estes efeitos secundários foram, na sua maioria, de gravidade ligeira a moderada. Ocorreram reações raras de hipersensibilidade (alergia) grave ao Adenuric após a comercialização do medicamento.

Para a lista completa de todo os efeitos secundários e restrições de utilização relativamente ao Adenuric, consulte o Folheto Informativo.

Por que foi aprovado o Adenuric?

O CHMP concluiu que o Adenuric foi mais eficaz do que o alopurinol na redução dos níveis de ácido úrico no sangue, incluindo nos doentes submetidos a quimioterapia, mas que o medicamento poderá implicar um maior risco de efeitos secundários que afetam o coração e os vasos sanguíneos. O Comité concluiu que os benefícios do Adenuric são superiores aos seus riscos, pelo que recomendou a concessão de uma autorização de introdução no mercado para o medicamento.

Que medidas estão a ser adotadas para garantir a utilização segura e eficaz do Adenuric?

Foi desenvolvido um plano de gestão dos riscos para garantir a utilização segura do Adenuric. Com base neste plano, foram incluídas informações de segurança no Resumo das Características do Medicamento e no Folheto Informativo do Adenuric, incluindo as precauções apropriadas a observar pelos profissionais de saúde e pelos doentes.

Outras informações sobre o Adenuric

Em 21 de abril de 2008, a Comissão Europeia concedeu uma Autorização de Introdução no Mercado, válida para toda a União Europeia, para o medicamento Adenuric.

O EPAR completo relativo ao Adenuric pode ser consultado no sítio Internet da Agência em: ema.europa.eu/Find medicine/Human medicines/European Public Assessment Reports. Para mais informações sobre o tratamento com o Adenuric, leia o Folheto Informativo (também parte do EPAR) ou contacte o seu médico ou farmacêutico.

Este resumo foi atualizado pela última vez em 04-2015.

Comentários

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • Ajuda
  • Get it on Google Play
  • Acerca
  • Info on site by:

  • Presented by RXed.eu

  • 27558

    Medicamentos para prescrição listados