Portuguese
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Aerivio Spiromax (salmeterol xinafoate / fluticasone propionate) – Folheto informativo - R03AK06

Updated on site: 05-Oct-2017

Nome do medicamentoAerivio Spiromax
Código ATCR03AK06
Substânciasalmeterol xinafoate / fluticasone propionate
FabricanteTeva B.V.

Folheto informativo: Informação para o doente

Aerivio Spiromax 50 microgramas/500 microgramas pó para inalação salmeterol/propionato de fluticasona

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a utilizar este medicamento, pois contém informação importante para si.

-Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.

-Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro.

-Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O medicamento pode ser-lhes prejudicial mesmo que apresentem os mesmos sinais de doença.

-Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Ver secção 4.

O que contém este folheto:

1.O que é Aerivio Spiromax e para que é utilizado

2.O que precisa de saber antes de utilizar Aerivio Spiromax

3.Como utilizar Aerivio Spiromax

4.Efeitos secundários possíveis

5.Como conservar Aerivio Spiromax

6.Conteúdo da embalagem e outras informações

1.O que é Aerivio Spiromax e para que é utilizado

Aerivio Spiromax contém dois medicamentos, salmeterol e propionato de fluticasona:

O salmeterol é um broncodilatador de duração de ação longa. Os broncodilatadores ajudam as vias aéreas nos pulmões a permanecerem abertas. Isto faz com que seja mais fácil para o ar entrar e sair. Os efeitos duram pelo menos 12 horas.

O propionato de fluticasona é um corticosteroide que reduz o inchaço e irritação nos pulmões.

O seu médico receitou este medicamento para o tratamento da:

Asma grave, para ajudar a prevenir ataques de falta de ar e pieira, ou da

Doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC), para reduzir o número de agravamentos dos sintomas.

Tem de utilizar Aerivio Spiromax todos os dias, tal como indicado pelo seu médico. Tal assegurará que funciona devidamente no controlo da sua asma ou DPOC.

Aerivio Spiromax ajuda a parar a falta de ar e o surgimento da pieira. Contudo, o Aerivio Spiromax não deve ser utilizado para aliviar um ataque de falta de ar ou de pieira. Caso tal aconteça, necessitará de um inalador de alívio (“socorro”) de ação rápida, tal como o salbutamol. Deve ter sempre consigo o seu inalador de ação rápida de “socorro”.

Aerivio Spiromax deve apenas ser utilizado para tratar asma grave em adultos com idade igual ou superior a 18 anos e adultos com DPOC.

2. O que precisa de saber antes de utilizar Aerivio Spiromax

Não utilize Aerivio Spiromax

-se tem alergia (hipersensibilidade) ao salmeterol, propionato de fluticasona ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).

Advertências e precauções

Fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro antes de utilizar Aerivio Spiromax se tiver:

Uma doença cardíaca, incluindo um batimento cardíaco rápido ou irregular

Glândula tiroide hiperativa

Tensão arterial elevada

Diabetes mellitus (Aerivio Spiromax pode aumentar o seu açúcar no sangue)

Baixos níveis de potássio no sangue

Tuberculose agora ou se teve no passado, ou tiver outras infeções nos pulmões.

Crianças e adolescentes

Este medicamento não deve ser utilizado em crianças ou adolescentes com menos de 18 anos de idade.

Outros medicamentos e Aerivio Spiromax

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, tiver tomado recentemente ou se vier a tomar outros medicamentos. Isto inclui outros medicamentos para a asma ou quaisquer outros medicamentos obtidos sem receita médica. Aerivio Spiromax pode não ser adequado para ser tomado juntamente com outros medicamentos.

Informe o seu médico se estiver a tomar algum dos seguintes medicamentos, antes de começar a utilizar o Aerivio Spiromax:

Bloqueadores beta (tais como o atenolol, propranolol e sotalol). Os bloqueadores beta são utilizados sobretudo para a tensão arterial elevada ou doenças cardíacas tais como a angina.

Medicamentos para tratar infeções (tais como o ritonavir, cetoconazol, itraconazol e eritromicina). Alguns destes medicamentos podem aumentar a quantidade de salmeterol ou propionato de fluticasona no seu corpo. Isto pode aumentar o seu risco de efeitos secundários com o Aerivio Spiromax, incluindo batimentos cardíacos irregulares, ou podem piorar os efeitos secundários.

Corticosteroides (por via oral ou injeção). A utilização recente destes medicamentos pode aumentar o risco do Aerivio Spiromax afetar as suas glândulas suprarrenais.

Diuréticos, utilizados para tratar a tensão arterial elevada.

Outros broncodilatadores (tais como o salbutamol).

Medicamentos à base de xantina, tais como a aminofilina e a teofilina. Estes medicamentos são frequentemente utilizados para o tratamento da asma.

Alguns medicamentos podem aumentar os efeitos do Aerivio Spiromax e o seu médico pode querer monitorizá-lo cuidadosamente se estiver a tomar estes medicamentos (incluindo alguns medicamentos para o VIH: ritonavir, cobicistato).

Gravidez e amamentação

Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Desconhece-se se este medicamento pode passar para o leite humano. Se está a amamentar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Condução de veículos e utilização de máquinas

Não é provável que Aerivio Spiromax afete a sua capacidade de conduzir veículos ou utilizar máquinas.

Aerivio Spiromax contém lactose

A lactose é um tipo de açúcar encontrado no leite. A lactose contém pequenas quantidades de proteínas do leite, que podem causar reações alérgicas. Se foi informado pelo seu médico de que tem intolerância ou alergia a lactose, outros açúcares ou ao leite, contacte-o antes de utilizar este medicamento.

3.Como utilizar Aerivio Spiromax

Utilize este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico ou farmacêutico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Utilize o seu Aerivio Spiromax todos os dias até que o seu médico o aconselhe a parar. Não toma mais do que a dose recomendada. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

Não pare de tomar Aerivio Spiromax ou diminua a dose de Aerivio Spiromax sem falar primeiro com o seu médico.

O Aerivio Spiromax deve ser inalado através da boca, para os pulmões.

A dose recomendada é:

Asma grave em adultos com idade igual ou superior a 18 anos

Uma inalação, duas vezes por dia

Doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC)

Uma inalação, duas vezes por dia

Se estiver a utilizar Aerivio Spiromax para a asma, o seu médico vai querer avaliar os seus sintomas regularmente.

O seu médico irá ajudá-lo a controlar a sua asma e vai ajustar a dose deste medicamento para a menor dose que controla a sua asma. Se o seu médico considerar que precisa de uma dose inferior à disponível para o seu Aerivio Spiromax, o seu médico poderá prescrever-lhe um inalador alternativo com as mesmas substâncias ativas que o Aerivio Spiromax mas com uma dose inferior de corticosteroides. Contudo, não mude o número de inalações prescritas sem falar primeiro com o seu médico.

Caso a sua asma ou respiração piore, fale imediatamente com o seu médico. Caso sinta que a pieira se agravou, sinta um aperto do peito mais frequentemente ou necessite de utilizar mais da sua medicação de ação rápida de “alívio”, a sua doença no peito pode estar a piorar e pode ficar gravemente doente. Deverá continuar a tomar Aerivio Spiromax mas não aumente o número de inalações que toma. Consulte o seu médico imediatamente, uma vez que pode precisar de tratamento adicional.

Instruções de utilização

Treino

O seu médico, enfermeiro ou farmacêutico devem providenciar treino acerca de como utilizar o seu inalador, incluindo como tomar uma dose de forma eficaz. Este treino é importante para assegurar que recebe a dose que necessita. Caso não tenha recebido este treino, por favor peça ao seu médico, enfermeiro ou farmacêutico que lhe demonstrem como utilizar o seu inalador corretamente antes de o utilizar pela primeira vez.

O seu médico, enfermeiro ou farmacêutico também deverão verificar periodicamente como utiliza o seu dispositivo Spiromax para se certificarem de que está a utilizar o dispositivo corretamente e de acordo com o prescrito. Se não utilizar corretamente Aerivio Spiromax e/ou não inspirar com força suficiente, pode implicar que não recebe suficiente medicamento nos seus pulmões. O facto de não receber suficiente medicamento nos seus pulmões, não ajuda a sua asma ou a DPOC como deveria ser.

Preparação do seu Aerivio Spiromax

Antes de utilizar o seu Aerivio Spiromax pela primeira vez, tem de o preparar da seguinte forma:

Verifique o indicador de doses para ver se existem 60 inalações no inalador.

Escreva a data em que abriu a bolsa de alumínio no rótulo do inalador.

Não necessita de agitar o seu inalador antes de o utilizar.

Como fazer uma inalação

1.Segure o seu inalador com a tampa do aplicador bucal amarelo semitransparente na parte inferior Não necessita agitar o seu inalador antes de utilizar.

2.Abra a tampa do aplicador bucal dobrando-a para baixo até ouvir um clique. O seu inalador está pronto para ser utilizado.

ORIFÍCIO

DE

VENTILAÇÃO

Nã bl

ABRIR

3.Expire suavemente (enquanto for confortável). Não expire através do inalador.

4.Coloque o aplicador bucal entre os dentes. Não morda no aplicador bucal. Feche os lábios em redor do aplicador bucal. Tenha cuidado para não bloquear os orifícios de ventilação.

Inspire pela boca o mais forte e profundamente que conseguir. Note que é importante que inspire com força e profundamente.

INALAR

5.Sustenha a respiração durante 10 segundos ou enquanto for confortavelmente possível.

6.Retire o inalador da boca. Pode sentir um sabor no paladar enquanto inala.

7.Em seguida expire suavemente (não expire através do inalador). Feche a tampa do aplicador bucal.

FECHAR

De seguida, bocheche com água e cuspa-a, e/ou lave os seus dentes. Isto pode ajudar a impedir que contraia candidíase na sua boca e/ou sofra de rouquidão.

Não tente desmontar o inalador, retirar ou rodar a tampa do aplicador bucal. Esta está fixa ao inalador e não deve ser retirada. Não utilize o seu inalador se este estiver danificado ou se o aplicador bucal estiver separado do inalador. Não abra e feche a tampa do aplicador bucal, a não ser que esteja pronto para utilizar o seu inalador.

Se abrir e fechar o aplicador bucal sem fazer nenhuma inalação, essa dose vai permanecer dentro do inalador pronta para quando for o momento da inalação seguinte. É impossível tomar acidentalmente medicamento a mais ou uma dose dupla numa inalação.

Mantenha o aplicador bucal sempre fechado, a não ser que esteja pronto para utilizar o seu inalador.

Limpeza do seu inalador

Mantenha o seu inalador seco e limpo.

Se necessário, pode limpar o aplicador bucal do inalador com um pano seco ou lenço de papel após a utilização.

Quando deve começar a utilizar um Aerivio Spiromax novo

O indicador de dose informa-o sobre quantas doses (inalações) restam no seu inalador, começando por indicar 60 inalações quando o inalador está cheio.

O indicador de doses mostra o número de inalações que restam apenas em números pares.

Para as inalações que restam de 20 para baixo até “8”, “6”, “4”, “2”, os números são apresentados a vermelho num fundo branco. Quando os números ficam vermelhos na janela, deve consultar o seu médico para obter um novo inalador.

Nota:

O aplicador bucal vai continuar a fazer “clique” mesmo quando o inalador estiver vazio. Se abrir e fechar o aplicador bucal sem fazer nenhuma inalação, o indicador de doses vai registar na mesma essa ação como uma inalação.

Se utilizar mais Aerivio Spiromax do que deveria

É importante utilizar o inalador de acordo com as instruções. Caso tome acidentalmente mais doses do que as recomendadas, fale com o seu médico ou farmacêutico. Poderá notar que o seu coração bate mais rapidamente que o habitual e que está a tremer. Poderá ainda ter tonturas, dor de cabeça, fraqueza muscular ou dores articulares.

Caso tenha utilizado demasiadas doses de Aerivio Spiromax por um longo período de tempo, deverá falar com o seu médico ou farmacêutico para obter conselhos. Isto deve-se ao facto de a utilização de demasiado Aerivio Spiromax poder reduzir a quantidade de hormonas esteroides produzidas pelas suas glândulas suprarrenais.

Caso se tenha esquecido de utilizar Aerivio Spiromax

Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar. Tome a sua próxima dose à hora habitual.

Se parar de utilizar Aerivio Spiromax

É muito importante que tome o Aerivio Spiromax todos os dias tal como lhe foi instruído. Continue a tomá- lo até que o seu médico lhe diga para parar. Não pare ou reduza subitamente a sua dose de Aerivio Spiromax. Isto pode fazer com que a sua respiração piore.

Para além disso, se parar de tomar ou reduzir a sua dose de Aerivio Spiromax rapidamente, isto pode também (muito raramente) causar-lhe problemas com as suas glândulas suprarrenais (insuficiência suprarrenal), o que ocasionalmente provoca efeitos secundários.

Esses efeitos secundários podem incluir quaisquer dos seguintes:

Dores de estômago

Cansaço e perda de apetite, mal-estar

Enjoos e diarreia

Perda de peso

Dores de cabeça ou sonolência

Baixos níveis de açúcar no sangue

Tensão arterial baixa e convulsões (ataques)

Quando o seu corpo está sob stress, tal como o devido a febre, traumatismos (tais como um acidente ou ferimento), infeção ou cirurgia, a insuficiência suprarrenal pode piorar e poderá ter qualquer um dos efeitos secundários acima indicados.

Se tiver quaisquer efeitos secundários, fale com o seu médico ou farmacêutico. Para prevenir esses sintomas, o seu médico pode receitar-lhe corticosteroides adicionais sob a forma de comprimidos (tal como prednisolona).

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro.

4.Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas. Para diminuir a probabilidade de efeitos secundários, o seu médico irá receitar-lhe a dose mais baixa desta associação de medicamentos para o controlo da sua asma ou DPOC.

Reações alérgicas: poderá notar que a sua respiração piora subitamente imediatamente após utilizar o Aerivio Spiromax. Pode ficar com muita pieira e tossir, ou sofrer de falta de ar. Poderá ainda sentir comichão, uma erupção cutânea (urticária) e inchaço (normalmente da face, lábios, língua ou garganta), ou pode subitamente sentir que o seu coração está a bater muito rapidamente ou sentir-se desmaiar e a perder os sentidos (o que pode resultar em desmaio e perda de consciência). Caso sinta algum destes efeitos ou caso

estes aconteçam subitamente após utilizar o Aerivio Spiromax, pare de utilizar o Aerivio Spiromax e informe o seu médico imediatamente. As reações alérgicas ao Aerivio Spiromax são pouco frequentes (podem afetar até 1 em 100 pessoas).

Os outros efeitos secundários estão indicados abaixo:

Muito frequentes (podem afetar mais de 1 em 10 pessoas)

Dor de cabeça - esta geralmente melhora à medida que o tratamento continua

Foi notificado um maior número de constipações nos doentes com doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC)

Frequentes (podem afetar até 1 em 10 pessoas)

Candidíase (placas dolorosas, elevadas e amarelo-creme) da boca e garganta. Também dor na língua e voz rouca e irritação da garganta. O bochechar com água, cuspindo-a imediatamente e/ou lavar os dentes após tomar cada dose do medicamento pode ajudar. O seu médico poderá receitar-lhe um medicamento antifúngico para tratar a candidíase.

Articulações doridas e inchadas e dor muscular.

Cãibras musculares.

Os seguintes efeitos secundários foram também notificados nos doentes com doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC):

Pneumonia e bronquite (infeção do pulmão). Informe o seu médico caso sinta qualquer um dos seguintes sintomas enquanto estiver a tomar Aerivio Spiromax, uma vez que podem ser sinais de uma infeção pulmonar: febre ou arrepios, aumento da produção de muco, alterações na cor do muco, aumento da tosse ou aumento das dificuldades respiratórias.

Equimoses e fraturas.

Inflamações dos seios (sinusite, uma sensação de tensão ou preenchimento no nariz, bochechas e por trás dos olhos, ocasionalmente com uma dor latejante).

Redução na quantidade de potássio no sangue (poderá ter um batimento cardíaco irregular, fraqueza muscular ou cãibras).

Pouco frequentes (podem afetar até 1 em 100 pessoas)

Aumento dos níveis de açúcar (glicose) no sangue (hiperglicemia). Caso tenha diabetes, poderá ser necessária uma monitorização mais frequente do seu açúcar no sangue e possivelmente um ajuste ao seu tratamento habitual para a diabetes.

Cataratas (névoa do cristalino do olho).

Batimento cardíaco muito rápido (taquicardia).

Sensação de tremores (tremor) e batimento cardíaco rápido ou irregular (palpitações) - estes sintomas são habitualmente inofensivos e diminuem com o continuar do tratamento.

Dor no peito.

Sensação de preocupação (apesar de este efeito ocorrer sobretudo em crianças, quando lhes é receitada esta associação de medicamentos numa dose mais baixa).

Perturbações do sono.

Erupção alérgica na pele.

Raros (podem afetar até 1 em 1.000 pessoas)

Dificuldades respiratórias ou pieira que piora imediatamente após tomar o Aerivio Spiromax.

Caso tal aconteça, pare de utilizar o seu inalador Aerivio Spiromax. Utilize o seu inalador de ação rápida de “alívio” para o ajudar a respirar e informe imediatamente o seu médico.

O Aerivio Spiromax pode afetar a produção normal de hormonas esteroides no seu organismo, particularmente se tiver tomado doses elevadas durante um longo período. Os efeitos incluem:

Decréscimo do ritmo de crescimento de crianças e adolescentes

Diminuição da espessura dos ossos

Glaucoma

Aumento de peso

Face arredondada (em forma de lua) (síndrome de Cushing)

O seu médico irá avaliá-lo(a) regularmente quanto a estes efeitos secundários, e assegurar-se que está a tomar a dose mais baixa desta associação de medicamentos para o controlo da sua asma.

Alterações comportamentais, tais como estar invulgarmente ativo e irritável (apesar de este efeito ocorrer sobretudo em crianças, quando lhes é receitada esta associação de medicamentos numa dose mais baixa).

Batimento cardíaco irregular ou irregular ou batimento cardíaco extra (arritmias). Informe o seu médico, mas não pare de tomar Aerivio Spiromax a menos que o seu médico lhe diga para parar.

Infeção fúngica do esófago (tubo onde passam alimentos), que pode causar dificuldades em engolir.

Frequência desconhecida, mas que podem também ocorrer:

Depressão ou agressividade (apesar de este efeito ocorrer sobretudo em crianças, quando lhes é receitada esta associação de medicamentos numa dose mais baixa).

Comunicação de efeitos secundários

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico, farmacêutico ou enfermeiro. Também poderá comunicar efeitos secundários diretamente através do sistema nacional de notificação mencionado no Apêndice V. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

5.Como conservar Aerivio Spiromax

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na embalagem exterior ou no rótulo do seu inalador após EXP. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Não conservar acima de 25ºC. Manter a tampa do aplicador bucal fechada após retirar da bolsa de alumínio.

Utilizar nos 3 meses seguintes à remoção da bolsa de alumínio. Use a etiqueta do inalador para apontar a data de abertura da bolsa de alumínio.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

6.Conteúdo da embalagem e outras informações

Qual a composição de Aerivio Spiromax

As substâncias ativas são salmeterol e propionato de fluticasona. Cada dose medida contém 50 microgramas de salmeterol (sob a forma de xinafoato de salmeterol) e 500 microgramas de

propionato de fluticasona. Cada dose administrada (a dose proveniente do aplicador bucal) contém 45 microgramas de salmeterol (sob a forma de xinafoato de salmeterol) e 465 microgramas de propionato de fluticasona.

O outro componente é a lactose monoidratada (ver a secção 2 “Aerivio Spiromax contém lactose”)

Qual o aspeto de Aerivio Spiromax e conteúdo da embalagem

Aerivio Spiromax é um pó para inalação.

Cada inalador Aerivio Spiromax contém 60 inalações e apresenta um corpo branco com uma tampa do aplicador bucal amarelo semitransparente.

Embalagens de 1 e 3 inaladores. É possível que não sejam comercializadas todas as apresentações no seu país.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado

Teva B.V.

Swensweg 5, 2031 GA Haarlem, Países Baixos

Fabricante

Norton (Waterford) Limited T/A Teva Pharmaceuticals Ireland

Unit 27/35, IDA Industrial Park, Cork Road, Waterford, Irlanda

Teva Pharmaceuticals Europe B.V., Swensweg 5, 2031 GA Haarlem, Países Baixos

(Apenas para a Polónia) Teva Operations Poland Sp. z o.o. Mogilska 80 Str. 31-546 Kraków, Polónia

Para quaisquer informações sobre este medicamento, queira contactar o representante local do Titular da Autorização de Introdução no Mercado:

België/Belgique/Belgien

Lietuva

Teva Pharma Belgium N.V./S.A./AG

UAB “Sicor Biotech”

Tel/Tél: +32 3 820 73 73

Tel: +370 5 266 02 03

 

България

Luxembourg/Luxemburg

Тева Фармасютикълс България ЕООД

Teva Pharma Belgium N.V./S.A./AG

Teл: +359 2 489 95 82

Tel/Tél: +32 3 820 73 73

Česká republika

Magyarország

Teva Pharmaceuticals CR, s.r.o.

Teva Gyógyszergyár Zrt

Tel: +420 251 007 111

Tel.: +36 1 288 64 00

Danmark

Malta

Teva Denmark A/S

Teva Pharmaceuticals Ireland

Tlf: +45 44 98 55 11

L-Irlanda

 

Tel: +353 51 321 740

Deutschland

Nederland

Teva GmbH

Teva Nederland B.V.

Tel: +49 731 402 08

Tel: +31 800 0228 400

Eesti

Norge

Teva Eesti esindus UAB Sicor Biotech Eesti

Teva Norway AS

filiaal

Tlf: +47 6677 55 90

Tel: +372 661 0801

 

Ελλάδα

Österreich

Teva Ελλάς Α.Ε.

ratiopharm Arzneimittel Vertriebs GmbH

Τηλ: +30 210 72 79 099

Tel: +43 1 97007 0

España

Polska

Teva Pharma S.L.U.

Teva Pharmaceuticals Polska Sp. z o.o.

Tél: +34 91 387 32 80

Tel.: +48 22 345 93 00

France

Portugal

Teva Santé

Teva Pharma - Produtos Farmacêuticos Lda

Tél: +33 1 55 91 7800

Tel: +351 21 476 75 50

Hrvatska

România

Pliva Hrvatska d.o.o

Teva Pharmaceuticals S.R.L

Tel: + 385 1 37 20 000

Tel: +4021 230 6524

Ireland

Slovenija

Teva Pharmaceuticals Ireland

Pliva Ljubljana d.o.o.

Tel: +353 51 321 740

Tel: +386 1 58 90 390

Ísland

Slovenská republika

Vistor

Teva Pharmaceuticals Slovakia s.r.o.

Simi: +354 535 7000

Tel: +421 2 5726 7911

Italia

Suomi/Finland

Teva Italia S.r.l.

Teva Finland

Tel: +39 028 917 981

Puh /Tel: +358 20 180 5900

Κύπρος

Sverige

Teva Ελλάς Α.Ε.

Teva Sweden AB

Ελλάδα

Tel: +46 42 12 11 00

Τηλ: +30 210 72 79 099

 

Latvija

United Kingdom

Sicor Biotech filiāle Latvijā

Teva UK Limited

Tel: +371 67 323 666

Tel: +44 1977 628 500

Este folheto foi revisto pela última vez em mês de AAAA.

Outras fontes de informação

Está disponível informação pormenorizada sobre este medicamento no sítio da internet da Agência Europeia de Medicamentos: http://www.ema.europa.eu

Comentários

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • Ajuda
  • Get it on Google Play
  • Acerca
  • Info on site by:

  • Presented by RXed.eu

  • 27558

    Medicamentos para prescrição listados