Portuguese
A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z

Increlex (mecasermin) – Folheto informativo - H01AC03

Updated on site: 08-Oct-2017

Nome do medicamentoIncrelex
Código ATCH01AC03
Substânciamecasermin
FabricanteIpsen Pharma

Folheto informativo: Informação para o utilizador

INCRELEX 10 mg/ml solução injetável

Mecassermina

Este medicamento está sujeito a monitorização adicional. Isto irá permitir a rápida identificação de nova informação de segurança. Poderá ajudar, comunicando quaisquer efeitos secundários que tenha. Para saber como comunicar efeitos secundários, veja o final da secção 4.

Leia com atenção todo este folheto antes de começar a utilizar este medicamento, pois contém informação importante para si.

-Conserve este folheto. Pode ter necessidade de o ler novamente.

-Caso ainda tenha dúvidas, fale com o seu médico ou farmacêutico.

-Este medicamento foi receitado apenas para si. Não deve dá-lo a outros. O medicamento pode ser-lhes prejudicial, mesmo que apresentem os mesmos sinais de doença.

-Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Ver secção 4.

O que contém este folheto:

1.O que é INCRELEX e para que é utilizado

2.O que precisa de saber antes de utilizar INCRELEX

3.Como utilizar INCRELEX

4.Efeitos secundários possíveis

5.Como conservar INCRELEX

6.Conteúdo da embalagem e outras informações

1.O que é INCRELEX e para que é utilizado

-INCRELEX é um líquido que contém mecassermina que é um fator de crescimento-1 insulin like (IGF-1), semelhante ao IGF-1 produzido pelo organismo.

-É usado para tratar crianças e adolescentes dos 2 aos 18 anos de idade que são muito baixos para a idade devido ao seu organismo não produzir IGF-1 suficiente. Esta situação médica é denominada deficiência primária de IGF-1.

2.O que precisa de saber antes de utilizar INCRELEX

Não utilize INCRELEX

-se tem alergia à mecassermina ou a qualquer outro componente deste medicamento (indicados na secção 6).

-se tiver cancro

-em bebés prematuros ou recém-nascidos porque contém álcool benzílico.

Advertências e precauções

Fale com o seu médico ou farmacêutico antes de utilizar INCRELEX.

-se tiver a coluna vertebral curvada (escoliose). Deve ser avaliado relativamente à progressão da escoliose.

-se ficar coxo ou desenvolver dor na anca ou no joelho

-se tiver as amígdalas aumentadas (hipertrofia tonsilar). Deve ser examinado periodicamente.

-se tiver sintomas de aumento da pressão no cérebro (hipertensão intracraniana), tais como alterações visuais, dores de cabeça, náuseas e/ou vómitos, procure aconselhamento junto do seu médico.

-se tiver uma reação localizada no local de injeção ou uma reação alérgica generalizada com INCRELEX. Contacte o médico o mais breve possível se tiver uma erupção cutânea

localizada. Procure ajuda médica imediata se tiver uma reação alérgica generalizada (urticária, dificuldade em respirar, desmaio ou prostração e sensação geral de mal-estar).

-se tiver parado de crescer (as placas de crescimento ósseo estão fechadas). Neste caso o INCRELEX não pode ajudar a crescer e não deve ser utilizado.

Crianças com menos de 2 anos de idade

O uso deste medicamento não foi estudado em crianças com idades inferiores a 2 anos, pelo que não é recomendado.

Outros medicamentos e INCRELEX

Informe o seu médico ou farmacêutico se estiver a tomar, tiver tomado recentemente, ou se vier a tomar outros medicamentos.

Informe o seu médico em especial se toma insulina ou outros medicamentos antidiabéticos. Pode ser necessário um ajuste de dose destes medicamentos.

Gravidez, amamentação e fertilidade

Se está grávida ou a amamentar, se pensa estar grávida ou planeia engravidar, consulte o seu médico ou farmacêutico antes de tomar este medicamento.

Recomenda-se a realização de um teste de gravidez, que deverá ser negativo, em todas as mulheres com potencial para engravidar antes do tratamento com mecassermina. Recomenda-se igualmente que todas as mulheres férteis utilizem uma contraceção adequada durante o tratamento

Se ocorrer uma gravidez, a terapêutica com mecasserminadeve ser descontinuada.

A mecassermina não deve ser administrada a uma mãe a amamentar.

Condução de veículos e utilização de máquinas

A mecassermina pode causar hipoglicemia (efeito secundário muito frequente, ver secção 4) que pode diminuir a capacidade de conduzir e utilizar máquinas, uma vez que pode diminuir a capacidade de concentração ou de reação.

Deve evitar participar em quaisquer atividades de alto risco (p.e. conduzir veículos, etc.) nas 2 a 3 horas após administração da dose, principalmente no início do tratamento com INCRELEX, até ter sido encontrada uma dose de INCRELEX que não cause efeitos secundários que tornem estas atividades arriscadas.

INCRELEX contém álcool benzílico e sódio

O INCRELEX contém álcool benzílico como conservante quepode causar reações tóxicas e reações alérgicas em bebés e crianças até aos 3 anos de idade.

Este medicamento contém menos de 1 mmol de sódio (23 mg) por frasco, ou seja é praticamente

“isento de sódio”.

3.Como utilizar INCRELEX

Utilize este medicamento exatamente como indicado pelo seu médico. Fale com o seu médico ou farmacêutico se tiver dúvidas.

A dose habitual é de 0,04 a 0,12 mg/kg do peso do doente, administradas duas vezes ao dia. Ver as

‘Instruções de Utilização’ no final deste folheto informativo.

Injete o INCRELEX sob a pele, pouco antes ou logo após uma refeição ou merenda, uma vez que pode ter efeitos hipoglicémicos tipo insulina e por essa razão poder diminuir os níveis de açúcar no sangue (ver hipoglicemia na seção 4). Não injete a dose de INCRELEX se não puder comer por qualquer razão. Não compense a dose omitida administrando duas doses na próxima vez. A dose seguinte deve ser tomada normalmente, com uma refeição ou refeição ligeira.

O INCRELEX deve ser injetado sob a pele na parte superior do braço, da perna (coxa), na zona do estômago (abdómen) ou nas nádegas. Nunca injete numa veia ou músculo. Altere o local em cada injeção.

Utilize apenas INCRELEX que esteja límpido e incolor.

O tratamento com mecasserminaé uma terapêutica prolongada. Contacte o seu médico para outras informações.

Se utilizar mais INCRELEX do que deveria

A mecassermina, tal como a insulina, pode diminuir os níveis de açúcar no sangue (ver hipoglicemia na secção 4).

Se foi injetado mais INCRELEX do que o recomendado, contate o seu médico imediatamente.

A sobredosagem aguda pode dar origem a hipoglicemia (nível baixo de açúcar no sangue). A sobredosagem prolongada pode originar o aumento de certas partes do corpo (p.e. mãos, pés, partes do rosto) ou crescimento excessivo de todo o corpo.

O tratamento da sobredosagem aguda com mecassermina deve ser orientado no sentido de fazer inverter a hipoglicemia. Devem ser consumidos líquidos ou alimentos que contenham açúcar. Se o doente não estiver suficientemente desperto ou alerta para beber líquidos que contenham açúcar, poderá ser necessário administrar uma injeção de glucagom no músculo para inverter o nível baixo de açúcar no sangue. O seu médico ou enfermeiro ensinar-lhe-á a administrar a injeção de glucagom.

Caso se tenha esquecido de utilizar INCRELEX

Não tome uma dose a dobrar para compensar uma dose que se esqueceu de tomar.

Caso falhe uma dose, a dose seguinte não deve ser maior para compensar. A dose seguinte deve ser tomada de forma normal, com uma refeição ou refeição ligeira.

Se parar de utilizar INCRELEX

Uma interrupção ou termo precoce do tratamento com mecassermina pode prejudicar o sucesso da terapêutica de crescimento. Consulte o seu médico antes de parar o tratamento.

Caso ainda tenha dúvidas sobre a utilização deste medicamento, fale com o seu médico ou farmacêutico.

4.Efeitos secundários possíveis

Como todos os medicamentos, este medicamento pode causar efeitos secundários, embora estes não se manifestem em todas as pessoas. Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico.

Os efeitos secundários que ocorrem com maior frequência com a mecassermina são: diminuição do açúcar no sangue (hipoglicemia), vómitos, reações no local de injeção, dores de cabeça e infeções do ouvido médio. Foram também notificadas reações alérgicas graves com o INCRELEX. Caso apresente algum destes casos, siga por favor o aviso dado para cada um dos casos nas secções seguintes.

Frequência desconhecida (a frequência não pode ser estimada a partir dos dados disponíveis)

Reações alérgicas graves (anafilaxia)

Foi notificada erupção da pele generalizada, dificuldade em respirar, tonturas, inchaço da cara e/ou da garganta após utilização de mecassermina. Pare o INCRELEX imediatamente e procure ajuda médica urgente se tiver uma reação alérgica grave.

Foram também notificadas reações alérgicas locais no local de injeção (comichão, bolhas).

Perda de cabelo (alopecia)

Foi também notificada perda de cabelo após utilização de mecassermina.

Muito frequentes (podem afetar mais de 1 em cada 10 pessoas)

Nível baixo de açúcar no sangue (hipoglicemia)

A mecassermina pode diminuir os níveis de açúcar no sangue. Os sinais de baixo nível açúcar no sangue são: tonturas, cansaço, inquietação, fome, irritabilidade, dificuldade de concentração, suores, náuseas e batimentos cardíacos rápidos ou irregulares.

A hipoglicemia grave pode causar inconsciência, convulsões/ataques ou morte. Pare o INCRELEX imediatamente e procure ajuda médica urgente se tiver convulsões /ataques ou se ficar inconsciente.

Se tomar INCRELEX, deve evitar participar em atividades de alto risco (como atividade física vigorosa) nas 2 a 3 horas após a injeção do INCRELEX, especialmente no início do tratamento com INCRELEX.

Antes de iniciar o tratamento com INCRELEX, o seu médico ou enfermeiro(a) irá explicar-lhe como tratar a hipoglicemia. Deve dispor sempre de uma fonte de açúcar, como sumo de laranja, gel de glicose, rebuçados ou leite, para o caso de ocorrerem sintomas de hipoglicemia. No caso de hipoglicemia grave, se o doente não reagir de forma positiva e não puder beber líquidos que contenham açúcar, deve-lhe ser administrada uma injeção de glucagom. O médico ou enfermeiro(a) ensinar-lhe-á a administrar a injeção. O glucagom aumenta o nível de açúcar no sangue quando é injetado. É importante ter uma dieta equilibrada que inclua alimentos ricos em proteína e gordura, como carne e queijo, além de alimentos que contenham açúcar.

Hipertrofia no local de injeção (o tecido no local de injeção aumenta de tamanho)

Esta pode ser evitada mudando o local entre cada injeção (rotação dos locais de injeção).

Sistema digestivo

Ocorreram vómitos e dor na parte de cima da barriga com o tratamento com mecassermina.

Infeções

Podem ser observadas infeções no ouvido médio em crianças com o tratamento com mecassermina.

Sistema musculoesquelético

Ocorreram dores nas articulações e dor nos membros com o tratamento com mecassermina.

Sistema nervoso

Ocorreram dores de cabeça com o tratamento com mecassermina.

Frequentes (podem afetar até 1 em cada 10 pessoas)

Convulsões

Foram observadas convulsões (ataques) com o tratamento com mecassermina. Foi também notificado tonturas e tremores com o tratamento com mecassermina.

Anomalias cardíacas

Foi notificado um bater acelerado do coração e sons cardíacos anormais com o tratamento com mecassermina.

Nível elevado de açúcar no sangue (hiperglicemia)

Foi também observado aumento dos níveis de açúcar no sangue com o tratamento com mecassermina.

Amígdalas/adenoides aumentados

A mecassermina pode aumentar o tamanho das amígdalas/adenoides. Estes são alguns dos sinais de amígdalas/adenoides aumentados: ressonar, dificuldade em respirar ou engolir, apneia do sono (uma situação médica em que a respiração durante o sono é interrompida durante períodos curtos) ou líquido no ouvido médio, bem como infeções do ouvido. A apneia do sono pode causar sonolência excessiva durante o dia. Contacte o seu médico caso estes sintomas o incomodem. O médico deve examinar regularmente as amígdalas/adenoides do doente.

Aumento do tamanho do timo

Aquando do tratamento com mecassermina, observou-se também aumento do tamanho do timo (órgão especializado do sistema imunitário).

Edema da papila ótica

O médico ou o ótico podem observar um inchaço da parte de trás do olho (devido ao um aumento da pressão no cérebro) durante o tratamento com mecassermina.

Hipoacusia (perda de audição)

Foi observada hipoacusia (perda de audição), dores nos ouvidos e líquido no ouvido médio com o tratamento com mecassermina. Informe o seu médico caso surjam problemas de audição.

Agravamento da escoliose (causado pelo rápido crescimento)

Se tiver escoliose, necessitará de ser examinado com frequência para determinar se existe aumento na curvatura da coluna vertebral. Aquando do tratamento com mecassermina, foram também observados casos de dor nos músculos.

Sistema reprodutor

Foi observado um aumento do volume da mama com o tratamento com mecassermina.

Aparelho digestivo

Ocorreu dor de barriga com o tratamento com mecassermina.

Alterações da pele e cabelo

Foram observados casos de espessamento da pele, sinais e textura anormal do cabelo com o tratamento com mecassermina.

Reações no local de injeção

Foram reportadas reações com o tratamento com mecassermina, incluindo dor, irritação, sangramento, nódoas negras, vermelhidão e endurecimento. As reações no local de injeção podem ser evitadas mudando o local da mesma entre cada injeção (rotação dos locais de injeção).

Pouco frequentes (podem afetar até 1 em cada 100 pessoas)

Aumento da pressão no cérebro (hipertensão intracraniana)

Por vezes, o INCRELEX pode causar um aumento temporário da pressão dentro do cérebro. Os sintomas de hipertensão intracraniana podem incluir alterações visuais, dores de cabeça, enjoos e/ou vómitos. Informe imediatamente o seu médico se tiver algum destes sintomas. O seu médico pode verificar se existe hipertensão intracraniana. Se existir, ele poderá decidir diminuir ou descontinuar temporariamente o tratamento com mecassermina. A mecassermina poderá ser iniciada novamente após o episódio estar resolvido.

Anomalias cardíacas

Em alguns doentes tratados com mecassermina, uma ecografia ao coração mostrou um aumento do tamanho do músculo cardíaco e alterações da função da válvula cardíaca. O médico poderá realizar uma ecografia ao coração antes, durante e após o tratamento com mecassermina.

Reações no local de injeção

Foram notificadas reações como exantema, inchaço e nódulos de gordura com o tratamento com INCRELEX. As reações no local de injeção podem ser evitadas mudando o local da mesma entre cada injeção (rotação dos locais de injeção).

Aumento de peso

Foi observado aumento de peso com o tratamento com mecassermina.

Outros efeitos secundários pouco frequentes que ocorreram com o tratamento com mecasserminaincluem depressão e nervosismo.

Comunicação de efeitos secundários

Se tiver quaisquer efeitos secundários, incluindo possíveis efeitos secundários não indicados neste folheto, fale com o seu médico ou farmacêutico. Também poderá comunicar efeitos secundários diretamente através do sistema nacional de notificação mencionado no Apêndice V. Ao comunicar efeitos secundários, estará a ajudar a fornecer mais informações sobre a segurança deste medicamento.

5.Como conservar INCRELEX

Manter este medicamento fora da vista e do alcance das crianças.

Não utilize este medicamento após o prazo de validade impresso na cartonagem e no rótulo após VAL. O prazo de validade corresponde ao último dia do mês indicado.

Conservar no frigorífico (2 C - 8°C). Não congelar.

Manter o frasco dentro da embalagem exterior para proteger da luz.

Após a primeira abertura, o frasco pode ser conservado durante um período máximo de 30 dias a uma temperatura de 2ºC a 8ºC.

Não deite fora quaisquer medicamentos na canalização ou no lixo doméstico. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza. Estas medidas ajudarão a proteger o ambiente.

6. Conteúdo da embalagem e outras informações Qual a composição de INCRELEX

-A substância ativa é mecassermina. Cada ml contém 10 mg de mecassermina. Cada frasco para injetáveis contém 40 mg de mecassermina.

-Os outros componentes são: álcool benzílico, cloreto de sódio, polisorbato 20, ácido acético glacial, acetato de sódio e água para preparações injetáveis (ver secção 2

“INCRELEX contém álcool benzílico e sódio”).

Qual o aspeto de INCRELEX e conteúdo da embalagem

O INCRELEX é uma solução injetável límpida e incolor, fornecida num frasco de vidro, fechado com uma rolha e um selo. O frasco contém 4 ml de solução.

Embalagem de 1 frasco.

Titular da Autorização de Introdução no Mercado e Fabricante

Titular da Autorização de Introdução no Mercado: Ipsen Pharma

65, quai Georges Gorse 92100 Boulogne-Billancourt França

Fabricante:

Beaufour Ipsen Industrie Rue d'Ethe Virton 28100 Dreux

França

Para quaisquer informações sobre este medicamento, queira contactar o representante local do Titular da Autorização de Introdução no Mercado.

België/Belgique/Belgien,

Italia

Luxembourg/Luxemburg

Ipsen SpA

Ipsen NV

Via del Bosco Rinnovato n. 6

Guldensporenpark 87

Milanofiori Nord Palazzo U7

B-9820 Merelbeke

20090 Assago (Mi)

België /Belgique/Belgien

Tel: + 39 - 02 - 39 22 41

Tél/Tel: + 32 9 243 96 00

 

România, България

Latvija

Ipsen Pharma

Ipsen Pharma

Str. Grigore Alesandrescu nr. 59, clǎdirea HQ

Sector 1, 010623, Bucureşti,

Riga LV 1046

România

Tel: +371 67622233

Tel/Тел: + 40 (021) 231 27 20

 

Česká Republika

Lietuva, Hrvatska

Ipsen Pharma, o.s.

Ipsen Pharma Lietuvos filialas

Evropská 136/810

9-ojo Forto 47

CZ-160 00 Praha 6

LT-48100 Kaunas

Tel: + 420 242 481 821

Tel. + 370 37 337854

Danmark, Norge, Suomi/Finland, Sverige,

Magyarország

Ísland

Ipsen Pharma SAS Magyarországi

Institut Produits Synthèse (IPSEN) AB

Kereskedelmi Képviselet

Kista Science Tower

Árbóc utca 6

Färögatan 33

H-1133 Budapest

SE - 164 51 Kista

Tel: +36 1 555 5930

Sverige/Ruotsi/Svíþjóð

 

Tlf/Puh/Tel/Sími: +46 8 451 60 00

 

Deutschland, Österreich

Nederland

Ipsen Pharma GmbH

Ipsen Farmaceutica B.V.

Willy-Brandt-Str. 3

Taurusavenue 33 B

D-76275 Ettlingen

NL-2132

LS Hoofddorp

Tel: + 49 7243 184-80

Tel: + 31

23 55 41 600

Eesti

Polska

ESTOBIIN OÜ

Ipsen Poland Sp. z o.o.

Al. Jana Pawła II 29

EE-11913 Tallinn

PL-00-867 Warszawa

Tel: +372 51 55 810

Tel.: + 48 (0) 22 653 68 00

Ελλάδα, Κύπρος, Malta

Portugal

Ipsen EΠΕ

Ipsen Portugal - Produtos Farmacêuticos S.A.

Αγ. Δημητρίου 63

Alameda Fernão Lopes, no 16-11o, Miraflores

Άλιμος

P-1495 - 190 Algés

GR-17456 Αθήνα

Tel: + 351 - 21 - 412 3550

Ελλάδα

 

Τηλ: + 30 - 210 - 984 3324

 

España

Slovenija

Ipsen Pharma S.A.

PharmaSwiss d.o.o

Torre Realia, Plaza de Europa, 41-43

Brodišče 32

08908 L’Hospitalet de Llobregat

SI-1236 Trzin

Barcelona

Tel: + 386 1 236 47 00

Tel: + 34 - 936 – 858 100

 

France

United Kingdom

Ipsen Pharma

Ipsen Ltd.

65 quai Georges Gorse

190 Bath Road

F-92199 Boulogne-Billancourt

Slough, Berkshire

Tél: + 33 - 1 - 58 33 50 00

SL1 3XE

 

Tel: + 44 - (0)1753 - 62 77 00

Ireland

Slovenská republika

Ipsen Pharmaceuticals Ltd.

Liek s.r.o.

Blanchardstown Industrial Park

Hviezdoslavova 19

Blanchardstown

SK-90301 Senec

IRL-Dublin 15

Tel: + 421 245 646 322

Tel: + 353 - 1 - 809 8200

 

Este folheto foi revisto pela última vez em

Foi concedida a este medicamento uma “Autorização de Introdução no Mercado em circunstâncias especiais”.

Isto significa que não foi possível obter informação completa sobre este medicamento devido à raridade desta doença.

A Agência Europeia de Medicamentos irá rever anualmente qualquer nova informação que possa vir a ser disponibilizada sobre o medicamento e este folheto será atualizado se necessário.

Outras fontes de informação

Está disponível informação pormenorizada sobre este medicamento no sítio da internet da Agência Europeia de Medicamentos: http://www.emea.europa.eu. Também existem links para outros sítios da internet sobre doenças raras e tratamentos.

Este folheto está disponível em todas as línguas da EU/EEE no sítio da internet da Agência Europeia

 

de Medicamentos.

 

<------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

>

INSTRUÇÕES DE UTILIZAÇÃO

O INCRELEX deve ser administrado utilizando seringas e agulhas de injeção estéreis descartáveis que podem ser fornecidas pelo seu médico, farmacêutico ou enfermeiro(a). O volume das seringas deve ser suficientemente pequeno para que a dose prescrita possa ser retirada do frasco com precisão razoável.

Preparação da dose

1.Lave as mãos antes preparar o INCRELEX para a injeção.

2.Utilize uma agulha e seringa descartáveis novas para cada injeção. Utilize as seringas e as agulhas uma única vez. Elimine as mesmas de forma adequada num recipiente para objetos cortantes (como os recipientes para produtos biológicos perigosos), num recipiente de plástico duro (como uma garrafa de detergente), ou num recipiente metálico (como uma lata de café vazia). Nunca partilhe agulhas e seringas.

3.Verifique o líquido para se certificar de que o mesmo se encontra límpido e incolor. Não utilize depois do prazo de validade (que está indicada no rótulo após EXP e que corresponde ao último dia do mês) ou no caso de se apresentar turvo ou com pedaços. Se um frasco congelar, deite-o fora. Pergunte ao seu farmacêutico como deitar fora os medicamentos que já não utiliza.

4.Se está a usar um frasco novo, retire a tampa de proteção. Não retire a rolha de borracha.

5.Limpe a rolha de borracha do frasco com um algodão com álcool para evitar a contaminação do frasco por germes que podem ser introduzidos por inserções repetidas de agulhas (ver Figura 1).

Figura 1: Limpar a parte superior com álcool

6.Antes de introduzir a agulha no frasco, puxe o êmbolo da seringa para trás para aspirar para dentro da seringa uma quantidade de ar igual à dose prescrita. Insira a agulha através da tampa de borracha do frasco e empurre o êmbolo da seringa para injetar ar para dentro do frasco (ver Figura 2).

Figura 2: Injetar ar para dentro do frasco

7.Deixe a seringa no frasco e vire ambos de cabeça para baixo. Segure a seringa e o frasco com firmeza (ver Figura 3).

Figura 3: Preparar a extração

8.Assegure-se de que a ponta da agulha se encontra dentro do líquido (ver Figura 4). Puxe o êmbolo da seringa para retirar a dose correta para dentro da seringa (ver Figura 5).

Figura 4: Ponta no líquido

Figura 5: Extrair a dose correta

9.Antes de retirar a agulha do frasco, verifique se existem bolhas de ar na seringa. Se existirem bolhas de ar na seringa, segure no frasco e na seringa com a agulha a apontar para cima e dê umas pancadinhas ligeiras lateralmente na seringa até as bolhas flutuarem até ao cimo. Empurre as bolhas para fora com o êmbolo e aspire mais líquido até ter a dose correta (ver Figura 6).

Figura 6: Retirar as bolhas de ar e voltar a encher a seringa

10.Retire a agulha do frasco e substitua a tampa protetora. Não deixe que a agulha toque em nada. Está agora pronto a administrar a injeção (ver Figura 7).

Figura 7: Pronto para a injeção

Injeção da dose:

Injete o INCRELEX de acordo com as instruções do seu médico.

Não administre a injeção se o doente não for capaz de comer pouco antes ou logo após a injeção.

1.Decida qual vai ser o local para injeção – na parte superior do braço, na coxa, nas nádegas ou no abdómen (ver abaixo). O local de injeção deve ser alterado entre cada administração (rode os locais de injeção).

Parte superior

Coxa

Nádegas

Abdómen

do braço

 

 

 

2.Use álcool ou sabão e água para limpar a pele onde vai administrar a injeção. O local de injeção deve estar seco antes de administrar a injeção.

3.Belisque levemente a pele. Introduza a agulha da forma que o seu médico lhe mostrou. Solte a pele (ver Figura A).

Figura A: Beliscar levemente a pele e injetar de acordo com as instruções

4.Empurre lentamente o êmbolo da seringa até ao fim, certificando-se de que injetou todo o líquido. Retire completamente a agulha e pressione levemente o local onde a injeção foi administrada com uma compressa ou algodão durante alguns segundos. Não esfregue a área (ver Figura B).

Figura B: Pressionar (sem esfregar) com uma compressa ou algodão

5.Siga as instruções do seu médico relativamente à eliminação da agulha e da seringa. Não volte tapar a seringa. As agulhas e as seringas usadas devem ser colocadas num contentor para objectos perfurantes/cortantes (como um contentor para resíduos de risco biológico), contentor de plástico duro (como uma garrafa de detergente) ou contentor metálico (como uma lata de café vazia). Estes contentores devem ser selados e deitados fora de forma adequada da forma descrita pelo seu médico.

Comentários

A B C D E F G H I J K L M N O P Q R S T U V W X Y Z
  • Ajuda
  • Get it on Google Play
  • Acerca
  • Info on site by:

  • Presented by RXed.eu

  • 27558

    Medicamentos para prescrição listados